ABM foi inserido no Portal Português de Arquivos

By | Notícias

O Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira (ABM) já faz parte da rede do Portal Português de Arquivos (PPA), onde estão outros 35 arquivos aderentes e onde pode encontrar informação proveniente desses repositórios para consulta, fazendo o PPA também a ponte com o Portal Europeu de Arquivos e com a Europeana. O protocolo entre a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) e a Direção Regional da Cultura foi assinado a 13 de dezembro, tendo recentemente sido concluído o trabalho de agregação dos conteúdos da estrutura regional.

Com a adesão do ABM à rede foram direcionados para a plataforma mais de meio milhão de registos descritivos e cerca de 1,2 milhões de réplicas digitais de documentos, provenientes de cerca de 80 fundos e coleções, com datas compreendidas entre os séculos XV e XX, revela a Secretaria Regional do Turismo e Cultura.

O PPA é uma estrutura que procura divulgar o património arquivístico existente nos diversos arquivos, tornando-o acessível aos cidadãos, nomeadamente portugueses, europeus e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, “dando-lhes oportunidade de o conhecer e dele se ‘apropriar’, enquanto repositório de memórias coletivas, base de identidades comuns, mas também de dele usufruir”, lê-se no site oficial do Portal Português de Arquivos.

Pelo facto de o PPA trabalhar em ligação com o Portal Europeu de Arquivos e também com a Europeana (biblioteca virtual desenvolvida pelos países da União Europeia onde estão mais de 57 milhões de entradas), os conteúdos do ABM passam, assim, a estar ao dispor de muitas mais pessoas.

No entender de Paula Cabaço, Secretária Regional da Cultura, a adesão do ABM ao PPA “constitui uma oportunidade extraordinária de promoção e partilha do rico e singular património cultural e histórico da Região, em particular com os nossos concidadãos e com a Europa”, dá conta a nota do seu Gabinete.

Fonte: Diário de Notícias

3ª Conferência do Grupo de Trabalho Sistemas de Informação em Museus (BAD)

By | Notícias

“Boas práticas na gestão da informação” será o tema de reflexão da 3ª Conferência do Grupo de Trabalho Sistemas de Informação em Museus (GT-SIM) da BAD, a realizar no próximo dia 8 de novembro de 2019, no auditório do Museu das Comunicações da Fundação Portuguesa das Comunicações.

Olhar o Museu como um centro dinâmico de produção de conhecimento e olhar o objeto de museu como um documento e o acervo da instituição museológica, existente nas Reservas, Arquivo, Biblioteca ou Centro de Documentação como um todo unitário nas suas inter-relações informacionais tem sido um dos princípios orientadores que tem regulado o trabalho desenvolvido pelo GT-SIM desde a sua criação em 2012.

Esta visão integradora do acervo do Museu implica assim um maior enfoque nas potencialidades informativas desse acervo, contribuindo para uma mais eficiente gestão de toda a informação sobre património produzida em contexto museológico.

Nesta 3ª edição pretende-se refletir sobre boas práticas que podem contribuir para esta visão integradora: o trabalho em rede, numa colaboração participativa entre profissionais de informação (museólogos, bibliotecários e arquivistas) de uma mesma instituição ou de diferentes instituições; a existência e aplicação de legislação ou instrumentos normativos que valorizem, qualifiquem e suportem as práticas profissionais relacionadas com a gestão da informação nos museus; a utilização da tecnologia digital, com a qual os recursos de informação encontram novas formas de existência e novas potencialidades no que diz respeito ao seu tratamento, divulgação e acesso.

A participação na conferência é gratuita mas carece de inscrição.
O programa estará disponível em breve.

Fonte e mais informações: https://www.bad.pt/eventos/event/iii-conferencia-do-grupo-de-trabalho-sistemas-de-informacao-em-museus-gt-sim/

Projeto E-ARK4ALL concluído com enorme sucesso

By | Notícias

O projeto E-ARK4ALL, financiado pela Comissão Europeia, foi concluído com grande sucesso no passado mês de maio. A KEEP SOLUTIONS, juntamente com mais 4 instituições europeias, participou neste projeto cujo objetivo foi fornecer especificações, software e formação na área da gestão e reutilização de informação digital.

O E-ARK4ALL representa o consórcio de organizações europeias que está por detrás do bloco estratégico da comissão europeia para a área dos arquivos eletrónicos, o eArchiving Building Block. Trata-se de um serviço disponibilizado pela Comissão Europeia que se destina a criar a capacidade de arquivar e preservar informação digital bem como definir e implementar estratégias de preservação digital, providenciando especificações, software e serviços de formação e helpdesk.

Durante um ano, um consórcio composto por 5 entidades europeias, a KEEP SOLUTIONS, os Arquivos Nacionais da Dinamarca e da Suécia, o DLM fórum e o Austrian Institute of Technology, trabalhou em prol da atualização e definição de novas normas relativamente à preservação de informação digital e criação de conhecimento sobre gestão e reutilização de informação.

O foco principal do projeto foi a preservação de informação de arquivo, no entanto a sua relevância aplica-se a qualquer domínio de gestão de informação em que existam requisitos de acesso a longo prazo. Para esse fim, foram propostas especificações para os vários Pacotes de Informação (OAIS Information Packages) a considerar ao longo do ciclo de vida da informação, garantindo, assim, o êxito nas seguintes situações: migrações de dados entre gerações de sistemas de informação organizacionais, transferências de informação entre sistemas produtores e arquivos digitais; e, acesso continuado e a longo prazo à informação digital arquivada em repositórios.

O E-ARK4ALL contribuiu, assim, para a harmonização das especificações dos Pacotes de Informação atualmente divididas em ingestão, preservação e reutilização de informação através da definição do E-ARK SIP, E-ARK AIP e E-ARK DIP, respetivamente.

A KEEP SOLUTIONS foi responsável pela definição do Pacote de Informação de Submissão (SIP) e pelo de desenvolvimento de software compatível com as várias especificações publicadas pelo consórcio.

Segundo o diretor executivo Miguel Ferreira, principal interlocutor do projeto, “este foi um trabalho extremamente aliciante pois permitiu-nos estabelecer uma base de diálogo e condições de normalização que permitem a nível europeu facilitar a troca de informação entre entidades envolvidas nas várias fases do processo de gestão de informação e arquivo eletrónico”.

O projeto foi oficialmente dado como concluído com o lançamento das atualizações das especificações do E-ARK, que poderá consultar em https://earkcsip.dilcis.eu/

Para mais informações sobre o E-ARK4ALL visite https://ec.europa.eu/cefdigital/wiki/display/CEFDIGITAL/eArchiving e https://e-ark4all.eu.

Museu municipal PO.RO.S atingiu os 35 mil visitantes em dois anos

By | Notícias

O Museu PO.RO.S Portugal Romano, em Condeixa-a-Nova, atingiu os 35 mil visitantes em dois anos de funcionamento e tem a agenda de atividades culturais totalmente preenchida até ao final do ano.

“Atingir este número em dois anos de funcionamento é uma visitação fantástica para um museu municipal”, congratulou-se o presidente do município do distrito de Coimbra, Nuno Moita. O espaço de visitação do museu é complementado por iniciativas culturais, nomeadamente exposições, estando a decorrer atualmente o 2.º Salão Internacional de Arte, que junta, até 13 de julho, obras de mais de 60 artistas de diversos países, entre eles a portuguesa Anit.

Inaugurado em Condeixa-a-Nova, em maio de 2017, o PO.RO.S — Portugal Romano é um espaço museológico que permite ao visitante “experimentar e interagir com ambientes virtuais da época romana”, ajudando a recriar o modo de vida da vizinha Conímbriga, uma das maiores povoações do Império Romano em Portugal, através de inovadores sistemas multimédia. Esta polivalência valeu-lhe a nomeação para os prémios ‘Heritage in Motion 2018’, atribuídos conjuntamente pela Academia Europeia de Museus, Europa Nostra e Europeana.

O Museu Portugal Romano em Sicó foi também distinguido pela Associação Portuguesa de Museologia com o primeiro prémio na categoria de ‘Aplicação de Gestão e Multimédia’.

Segundo o autarca Nuno Moita, o município de Condeixa-a-Nova está a efetuar uma reestruturação orgânica para criar uma unidade para a gestão dos museus do concelho, com o objetivo de, em “2020 ou 2021”, avançar para a constituição de uma empresa municipal para gerir os equipamentos culturais.

Fonte e mais informações: https://observador.pt/2019/06/21/museu-municipal-po-ro-s-de-condeixa-a-nova-atingiu-os-35-mil-visitantes-em-dois-anos/

4º Encontro BAD ao Sul – Call for Papers

By | Notícias

O 4º Encontro BAD ao Sul realiza-se este ano em Sines, no Centro de Artes, no dia 24 de Setembro, sob o lema “Bibliotecas, Arquivos e Museus Revisitados”.

Os profissionais de informação vivem um período de grandes desafios, que exigem uma reflexão e ação.
No caso dos arquivos, a nova ferramenta proporcionada pela Lista Consolidada para a classificação e a interoperabilidade; as questões do acesso à informação e o Regulamento Geral de Proteção de Dados; as soluções disponíveis para a descrição e para a gestão documental e as novas exigências legais e do acesso; as novas regras de utilização de meios digitais para a reprodução de documentos. Todos estes desafios são exigentes e pressupõem algumas mudanças nos arquivos.
No que diz respeito às bibliotecas, neste ano em que se celebra o 25º aniversário do Manifesto das Bibliotecas Públicas da IFLA/UNESCO, propõe-se que se assinale a data através da reflexão dos bibliotecários sobre a forma como o Manifesto alterou estas instituições.
Também os museus e os seus sistemas de inventariação, quer do património material, quer do imaterial, são desafiados hoje a garantir a preservação e o acesso a utilizadores cada vez mais exigentes e informados.

Os profissionais de informação procuram cada vez mais o trabalho em cooperação para o mesmo desiderato – em conjunto trabalhar melhor e fornecer ao utilizador a informação que lhe é necessária, quer seja um cidadão, investigador ou leitor.

Temáticas:

– Manifesto às bibliotecas e Declaração Universal sobre os Arquivos, da UNESCO;
– Redes de cooperação;
– O papel do arquivista e do profissional da informação nas organizações.

Data limite para o envio de propostas para apresentações 24×7: 22 de Julho.

Para mais informações consulte o site do 4º Encontro BAD ao Sul: https://www.bad.pt/eventos/event/4o-encontro-bad-ao-sul/

Fonte: https://www.bad.pt/noticia/2019/06/14/4o-encontro-bad-ao-sul-sines/

iPRES 2019 – 16ª Conferência Internacional sobre Preservação Digital

By | Notícias

O iPRES é um dos eventos internacionais mais importantes sobre Preservação Digital. Desde 2004, tem vindo a realizar conferências anuais em todo o mundo e já marcou presença em 4 continentes.

O iPRES reúne cientistas, estudantes, pesquisadores, arquivistas, bibliotecários e vários especialistas em preservação digital para partilhar conhecimento, novos desenvolvimentos, projetos inovadores e a sua experiência com sistemas de preservação digital.

Este ano celebra-se a 16ª Conferência Internacional sobre Preservação Digital – iPRES 2019, entre os dias 16 e 20 de setembro, na cidade de Amesterdão.

O programa provisório do evento já está disponível.

Consulte toda a informação sobre o iPRES 2019 em https://ipres2019.org/

Fonte: https://openpreservation.org/news/announcing-the-ipres-2019-programme-16-20-september-2019/

II Jornadas “Archyvos fora da caixa”

By | Notícias

A BAD, através dos seus Grupos de Trabalho de Gestão de Documentos de Arquivo, organiza as II Jornadas “Archyvos fora da caixa”, no próximo dia 19 de junho, a realizar no Auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro, Lisboa.

Este segundo encontro, subordinado ao tema geral das jornadas “Arquivos que não cabem na caixa” procura apresentar os desafios de gestão associados aos arquivos sonoros, audiovisuais, artísticos e literários, debater os conceitos de arquivos não convencionais, perceber como esses sistemas se relacionam com o universo digital e se aproximam dos utilizadores.

As Jornadas estão divididas em três painéis:
– Desafios do som e da imagem nos arquivos
– Os arquivos de arte
– Os arquivos de literatura

Consulte o programa e faça a sua inscrição aqui.

Fonte: https://www.bad.pt/eventos/event/2a-jornada-archyvos-fora-da-caixa/

4.º Encontro BAD ao Sul

By | Notícias

O 4º Encontro BAD ao Sul realiza-se, este ano, em Sines, no Centro de Artes, no dia 24 de setembro, sob o lema Bibliotecas, Arquivos e Museus Revisitados.

Os profissionais de informação vivem um período de grandes desafios, que exigem uma reflexão e ação. No caso dos arquivos, a nova ferramenta proporcionada pela Lista Consolidada para a classificação e a interoperabilidade; as questões do acesso à informação e o Regulamento Geral de Proteção de Dados; as soluções disponíveis para a descrição e para a gestão documental e as novas exigências legais e do acesso; as novas regras de utilização de meios digitais para a reprodução de documentos. Todos estes desafios são exigentes e pressupõem algumas mudanças nos arquivos.

No que diz respeito às bibliotecas, neste ano em que se celebra o 25º aniversário do Manifesto das Bibliotecas Públicas da IFLA/UNESCO, propõe-se que se assinale a data através da reflexão dos bibliotecários sobre a forma como o Manifesto alterou estas instituições. Também os museus e os seus sistemas de inventariação, quer do património material, quer do imaterial, são desafiados hoje a garantir a preservação e o acesso a utilizadores cada vez mais exigentes e informados.

Os profissionais de informação procuram cada vez mais o trabalho em cooperação, para o mesmo desiderato – em conjunto trabalhar melhor e fornecer ao utilizador a informação que lhe é necessária, quer seja um cidadão, investigador ou leitor.

Eixos Temáticos do Encontro:

– UNESCO, as bibliotecas e os arquivos – o “Manifesto da Unesco para a Biblioteca Pública” e a “Declaração Universal sobre os Arquivos”;
– Redes de cooperação de bibliotecas e de arquivos;
– O papel do arquivista e do profissional da informação nas organizações.

Datas importantes:

2 de setembro | data limite da 1ª fase de inscrição com preço reduzido
15 de setembro | data limite para envio de propostas 24×7
20 de setembro | data limite para envio do short paper

Fonte e mais informações: https://www.bad.pt/eventos/event/4o-encontro-bad-ao-sul/

E-ARK4ALL E DILCIS Board lançam as especificações do eArchiving Building Block

By | Notícias

O projeto E-ARK4ALL e o DILCIS Board têm o orgulho de anunciar o lançamento da nova geração de especificações do E-ARK. Os novos lançamentos incluem um conjunto de correções de bugs e outras atualizações que só foram possíveis graças à participação da comunidade de arquivos.

A organização agradece a todos os que contribuíram com o seu conhecimento e experiência e convida todos os interessados a conhecerem e utilizarem as referidas atualizações.

Poderá consultar as atualizações das especificações, através dos seguintes links:
Common Specification for information Packages (CSIP)
E-ARK SIP
E-ARK AIP
E-ARK DIP
Common Specification for Electronic Records Management Systems (CS ERMS)
Common Specification for Geospatial data (CS Geospatial data)
Common Specification SIARD

Para mais informação sobre o DILCIS Board visite https://dilcis.eu/
Para mais informação sobre o projeto E-ARK4ALL visite https://e-ark4all.eu/

Fonte e mais informação: https://openpreservation.org/news/e-ark4all-project-and-the-dilcis-board-releases-the-earchiving-building-block-specifications/

Ação de formação “Como preservar os sítios web institucionais”

By | Notícias

A ação de formação “Como preservar os sítios web institucionais” (7 horas), acontecerá em Lisboa, no dia 28 de junho de 2019 e será ministrada pelo formador Ricardo Basílio.

Dirigida preferencialmente a Bibliotecários, Arquivistas, Responsáveis de Comunicação e Imagem, Responsáveis por Websites, Bloggers, Professores, Investigadores e Estudantes interessados em pesquisa histórica, esta ação tem por objetivo:

– Identificar a terminologia e as tecnologias associadas ao processo de preservação;
– Preservar um sítio web ou uma página institucional percorrendo três fases distintas (recolha, armazenamento e reprodução) utilizando o Webrecorder;
– Organizar e publicar conteúdos preservados num site ou numa rede social.

Não perca esta oportunidade de actualizar os seus conhecimentos e melhorar o seu desempenho profissional.

A inscrição deve ser realizada antecipadamente, até dia 19 de junho de 2019, através do formulário em linha.

Para mais informações, consulte o programa ou contacte o Sector da Formação da BAD através do e-mail formacao@bad.pt .

Fonte: https://www.bad.pt/noticia/2019/06/03/saiba-tudo-sobre-a-preservacao-dos-sitios-web-institucionais-2/