A utilização das tecnologias da informação assume um papel essencial, não só enquanto instrumento de divulgação, mas também enquanto uma ferramenta que permite inovar no relacionamento com os consumidores. Nas cidades, nos monumentos, nos museus, nos lugares, são cada vez mais frequentes as soluções de carácter tecnológico ao dispor de todos os que procuram conhecer em detalhe, experimentar com os 5 sentidos.

A experiência é quanto mais gratificante em função da sua preparação e desenvolvimento e, também aí, as tecnologias da informação assumem particular destaque. A gestão da oferta Patrimonial e Turística, no seu sentido mais restrito, operacional até, e a gestão da informação constituem elementos essenciais e basilares de uma realidade que se pretende integrada, sob pena de não ser verdadeiramente eficaz nos seus propósitos.

É este o mote para a realização da 2ª edição do Seminário “Turismo e Património Cultural: Tecnologia e Inovação”, que irá decorrer nos dias 28 e 29 de Setembro, no Auditório do Museu da Farmácia, em Lisboa. Uma iniciativa do Pporto.pt em parceria com a VERdeNOVO.

O objetivo deste evento é contribuir para uma reflexão sobre a aplicação das tecnologias de informação e comunicação como alavanca de inovação no domínio do Património Cultural e do Turismo, numa perspetiva integradora. É proposta uma reflexão sobre o “estado da arte”, a apresentação de boas práticas ao nível da gestão, das experiências culturais e turísticas e do marketing e da comunicação, que possa contribuir para a identificação de oportunidades e a dinamização de projetos.

Fonte e mais informações: http://www.pportodosmuseus.pt/2017/07/25/turismo-e-patrimonio-cultural-tecnologia-e-inovacao-em-debate-em-lisboa/

Share