Kit de imprensa

Os kits de imprensa aqui disponibilizados visam facilitar a obtenção de informação sobre a Empresa, nossos produtos e áreas de atuação por parte dos média. Os kits encontram-se divididos por área de interesse.

Factos de consulta imediata

  • Spin-off da Universidade do Minho;
  • Fundada em 2008
  • Situa-se em Braga a poucos metros da Universidade do Minho
  • Desenvolve software de gestão e preservação de informação digital
  • Composta por 9 colaboradores (20% doutorados, 40% mestres, 10% alunos de doutoramento, 10% alunos de mestrado, 20% licenciados)
  • Mais de 10 anos de experiência na área da preservação digital (previamente à criação da empresa), e pioneiros em preservação digital em Portugal;
  • Orienta todos os anos entre 1 e 3 projetos de mestrado;
  • Centra-se em projetos open-source, de modo a fomentar o desenvolvimento e investigação, dando de volta à comunidade;
  • Participa em projetos de investigação internacionais na ordem dos 10M €;
  • Acolhe atualmente um aluno de Doutoramento
  • Diretor executivo: Doutor Miguel Ferreira

 

Investigação

A KEEP SOLUTIONS é uma empresa que tem como missão a prestação de serviços avançados na área da gestão e preservação de informação. A empresa iniciou a sua atividade em 2008 tendo adquirido o estatuto de spin-off académica da Universidade do Minho por se tratar de uma iniciativa que mantém laços chegados a centros de investigação ou departamentos desta universidade.

A KEEP SOLUTIONS providencia um conjunto alargado de produtos e serviços de suporte à criação de arquivos, bibliotecas e museus. Os seus principais serviços consistem no desenvolvimento e implementação de sistemas de gestão de informação, consultoria, investigação e formação. Os seus principais clientes localizam-se principalmente no sector público e educacional, e.g. ministérios, arquivos, museus, instituições militares, governo local, instituições académicas e fundações.

Tendo nascido de uma plataforma de I&D, a KEEP SOLUTIONS permanece ativa na produção de conhecimento científico tendo vindo a colaborar em projetos de investigação com instituições nacionais e internacionais como a Universidade Técnica de Viena, o Austrian Institute of Technology, a Microsoft Research, a Universidade Técnica de Berlin, a Universidade de Manchester, a Universidade Pierre and Marie Curie, a British Library, a Biblioteca Nacional da Áustria, a Biblioteca Nacional da Dinamarca, os Arquivos Nacionais Portugueses, entre outras.

O seu quadro de pessoal, apesar de pouco numeroso, revela elementos com alto grau académico e grande percentagem de doutorados e mestres (20% doutorados, 40% mestres, 10% alunos de doutoramento, 10% alunos de mestrado, 20% licenciados). A relação de cooperação existente entre a empresa e a Universidade do Minho continua a ser muito ativa, sendo que a KEEP SOLUTIONS orienta, todos os anos, vários projetos de mestrado daquela Universidade. Recentemente foi galardoada pela Escola de Engenharia desta Universidade por se tratar de uma empresa que se tem destacado no apoio continuado a projetos de ensino e de investigação desta mesma Escola.

Apesar da recente existência e do número de colaboradores que integram a equipa não ser muito elevado (apenas 9), a KEEP SOLUTIONS já conseguiu atingir a posição de líder no mercado português em matéria de arquivos, suportando a toda a rede de arquivos nacionais e distritais, do arquivo do Ministério da Economia e do emprego, bem como da Secretaria de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, e de vários arquivos municipais. A KEEP SOLUTOINS presta também serviços a várias universidades, institutos, museus e bibliotecas. A KEEP SOLUTOINS desenvolveu, ainda, os primeiros portais nacionais de informação em acesso aberto: tanto para arquivos – Portal Português de Arquivos -, como para material científico – Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP) -, contribuindo, assim, para a investigação científica na sua generalidade.

A dedicação, capacidade e qualidade do contributo científico da KEEP SOLUTOINS é internacionalmente reconhecido, tal como comprovam os projetos de investigação internacional nos quais a empresa está atualmente envolvida.

Em 2011, teve início o projeto SCAPE (SCAlable Preservation Environments), que se centra na preservação digital de grandes volumes de dados, e que envolve, como parceiros do consórcio de investigação, entidades de grande dimensão e relevância, como as bibliotecas nacionais da Inglaterra, Holanda, Áustria e Dinamarca, e universidades de Manchester, Berlim, Viena e Paris. Os únicos parceiros industriais deste consórcio são a ExLibris, a Microsoft Research e a KEEP SOLUTIONS. O projeto SCAPE é financiado pelo sétimo programa-quadro, tendo um orçamento superior a 8.5 milhões de euros, sendo que a participação da KEEP SOLUTIONS é consideravelmente elevada, tendo em conta que se enquadra na classificação de pequena/média empresa (i.e. a KEEP SOLUTIONS é líder de um subprojecto e de dois work packages, sendo diretamente responsável por cerca de 10% do projeto).

Em 2012 foi aprovado o projeto 4C (Collaboration to Clarify the Costs of Curation), centrado na investigação de modelos de custo para preservação digital, e que envolve, também, parceiros de elevada importância cultural e científica, como o Instituto de Engenharia, de Sistema e Computadores, (INESC); a biblioteca nacional da Alemanha; universidades de Glasgow, Essex e Edinburgo; o arquivo nacional da Dinamarca; a Digital Preservation Coalition; entre outros. O projeto 4C é financiado pelo sétimo programa-quadro com um orçamento de cerca de 1.5 milhões de euros.

Em suma, a KEEP SOLUTIONS distingue-se no mercado pela inovação e qualidade dos seus serviços, primando pela investigação, pelo contributo ao open-source, pelo vasto número de publicações científicas que produz (22 publicações desde 2008), bem como pela sua envolvência em projetos de investigação de grande dimensão.

Imagem corporativa

Fotografias

Share